Google+

Tradutor

sábado, 6 de dezembro de 2014

Conheça os 10 celulares Android mais potentes do mundo


Você talvez conheça o AnTuTu, um aplicativo que avalia o poder de processamento de seu aparelhos Android e faz uma comparação com vários outros modelos para determinar qual é o aparelho mais potente. A empresa por trás do app revelou nesta segunda-feira, 17, o ranking dos celulares mais rápidos do mercado no trimestre entre julho e setembro deste ano.
Para determinar os resultados, foram considerados testes de pelo menos 160 países com o mesmo modelo. No caso de um celular ter processadores diferentes (como é o caso do Galaxy Note 3, que tem várias versões pelo mundo), foi considerado o chip com melhor desempenho.

Como é possível perceber, há algumas surpresas, que o próprio AnTuTu faz questão de ressaltar. É incrível como as empresas chinesas estão se saindo bem, com a liderança tomada pelo Meizu MX4 e outras quatro posições tomadas por aparelhos fabricados por marcas que simplesmente ainda não são populares no Ocidente.
Além disso, também é interessante ressaltar que a Qualcomm, que fabrica os processadores de quase todos os smartphones de alto desempenho, ficou fora do topo da lista. Isso porque o MX4 usa o chip MTKMT6595, da MediaTek, que normalmente produz os processadores usados em aparelhos mais baratos.

Fonte: OlharDigital.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Intel disponibilizará na internet software de fala usado por Hawking


O sistema que ajuda a Stephen Hawking se comunicar com o mundo exterior será disponibilizado na internet a partir de janeiro
O sistema que ajuda a Stephen Hawking se comunicar com o mundo exterior será disponibilizado na internet a partir de janeiro, em um movimento que poderá ajudar milhões de pessoas que sofrem de doenças neuromotoras, anunciaram cientistas nesta terça-feira (3).
O físico teórico de 72 anos, que fez fama internacional na década de 1980 com o livro Uma Breve História do Tempo, saudou a decisão da gigante da tecnologia americana Intel, em uma coletiva de imprensa em Londres.
"Tornando essa tecnologia livremente disponível, existe o potencial de melhorar significativamente a vida de pessoas incapacitadas por todo o mundo", disse Hawking, em declarações transmitidas pela voz robótica do seu computador.
"Sem isso, eu não poderia falar com vocês hoje", disse ele, que aos 21 anos foi diagnosticado com uma doença neuromotora relacionada com a esclerose lateral amiotrófica (ELA).
O sistema de comunicação será disponibilizado para pesquisadores na internet em código aberto, embora ainda tenha que ser adaptado para usuários individuais.
Hawking, que leciona na Universidade de Cambrigde, consegue digitar em seu computador usando um sensor na bochecha que é detectado por um interruptor infravermelho instalado em seus óculos, que o ajuda a selecionar os caracteres.
Seu sistema atual, desenvolvido pela Intel nos últimos três anos, reduz o número de movimentos necessários para soletrar palavras, além de lhe oferecer novas funções inéditas, como o envio de anexos por e-mail.
"A velocidade de digitação de Hawking é duas vezes mais rápida e há uma melhora dez vezes maior em tarefas comuns", informou a Intel em um comunicado.
A empresa britânica SwiftKey também digitalizou todos os trabalhos do físico teórico de modo a ajudar o computador a deduzir mais rápido o que ele está tentando dizer.
Hawking, que tem o corpo paralisado quase por completo, apresentou o novo sistema ao público pela primeira vez nesta terça-feira.
"A medicina não foi capaz de me curar, então eu conto com a tecnologia para ajudar a me comunicar e a viver", disse em comunicado à imprensa.
Tetraplegia e doenças neuromotoras afetam mais de três milhões de pessoas em todo o mundo.
"A tecnologia para pessoas com deficiência é, muitas vezes, um campo de testes para a tecnologia do futuro", afirmou Lama Nachman, pesquisadora sênior do Intel Labs.

Fonte: InfoExame.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Falsa corrente incentiva postar "declaração de privacidade" no Facebook




Nas últimas semanas, você muito provavelmente se deparou com amigos postando uma tal "declaração de privacidade" no Facebook. O texto afirma que com os novos termos de uso da rede social, o usuário quer reinvidicar sua "propriedade intelectual". O que muitos não sabem é que além de inválida, a corrente é um boato antigo.



Em 2012, o Facebook também anunciou mudanças em seus termos e por conta disso, um hoax pedia a mesma coisa, baseado na Convenção Berner e o Estatuto de Roma. Como explicou a Agência Brasil na época, o texto surgiu após a rede social anunciar a compra do Instagram, o que fez com que usuários temessem que suas fotos fossem usadas para fins comerciais sem autorização.

Termos de uso: você concordou com ele 
Mas afinal, por que postar isso não muda em nada? Em primeiro lugar, ao criar uma conta no Facebook, o usuário concorda com os termos de uso e política de privacidade. Caso eles mudem enquanto utiliza o serviço e a pessoa não concordar, ela pode desativar seu perfil.
Pelos termos atuais, o Facebook reconhece que você é dono de todas as suas informações e tem como controlar o que compartilhar, no entanto, ele afirma que ao publicar algo, você concede automaticamente uma licença para que a rede social use o conteúdo. Quando uma foto, vídeo ou outra publicação é deletada, essa licença se extingue para esse conteúdo.
Além disso, seu nome, idade, imagem de perfil, interesses e outros dados demográficos são usados em conteúdos comerciais como posts patrocinados ou até mesmo no Atlas, ferramenta de adserver do Facebook.

Estatuto de Roma não diz nada sobre privacidade 
Por fim, o Estatuto de Roma, citado no texto de 2014, não diz nada a respeito de privacidade. O tratado internacional de 1998, foi assinado por países como o Brasil, porém, estipula o Tribunal Penal Internacional, que por sua vez, estabelece quatro crimes internacionais: genocídio, crimes conta a humanidade, crimes de guerra e de agressão.
Já em relação à sigla UCC 1 1-308-308 1-103, que está relacionada à Convenção Universal de Corypright, mesmo se for um artigo existente, deixa de valer no Facebook por conta dos termos de uso, concordados pelo usuário no momento que ele entra na rede.

Fonte: OlharDigital.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Saiba quando sua operadora vai cortar a internet móvel



A chamada velocidade reduzida nos planos de internet móvel está com os dias contados no Brasil. Nos últimos meses as principais operadoras de telefonia do país anunciaram que vão passar a cortar o sinal quando o usuário atingir o limite da franquia contratada.

Segundo as empresas, a medida proporciona experiência mais fiel em relação à internet contratada. Na prática, a velocidade entregue é inferior à descrita em contrato na maior parte do tempo. O novo formato de cobrança entra em vigor a partir deste mês para a maior parte dos clientes.
A Anatel diz que a adoção do novo formato respeita as normas do setor (modelo semelhante já funciona na Europa e nos Estados Unidos). A partir de agora, ao atingir o valor estipulado, o cliente receberá ofertas de “miniplanos” adicionais para continuar acessando a rede. Caso não aceite, o sinal será cortado e restabelecido no início da franquia do mês seguinte.
Confira a data em que sua operadora vai alterar as regras de fornecimento de internet:
Vivo
A Vivo começou a testar o novo formato no começo de novembro em linhas pré-pagas de Minas Gerais e do Rio Grande do Sul. Ao atingir 80% da franquia, o cliente recebe um SMS de aviso e quando chega a 100%, uma oferta de pacote adicional de 50 MB válida por 7 dias pode ser contratada por R$ 2,99. O formato deve ser estendido a outras regiões e aos clientes de planos pós-pagos nos próximos meses. 
Claro
A Claro informou que vai seguir o novo modelo a partir de 28 de dezembro. Serão oferecidos pacotes de 10MB, 20MB e 40MB, além de pacotes mensais de 225 MB e 450 MB.
Oi
A nova regra passa a valer em 8 de dezembro. A partir desta data, os pacotes de internet para celulares com renovação automática terão a navegação interrompida após às 23h59 do dia do término da franquia.

TIM

Única operadora que não confirmou a adoção do novo modelo, a TIM nega planejar reajustes mas diz apoiar mudanças de tarifação de dados móveis.

Fonte:OlharDigital.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Publique no perfil de seu Facebook, com opção Pública de visualização para que seus dados não sejam usados por terceiros

Bom dia a todos os leitores,

Sugiro que publiquem em seus perfis do Facebook, com a opção de visualização pública ou se preferir, copiar e colar esta versão. Se você não publicou esta declaração pelo menos uma vez, estará tacitamente permitindo o uso de elementos como suas fotos, bem como a informação contida na atualização de seu perfil.

Como o Facebook optou por incluir um software que permitirá a utilização da minha informação pessoal. Declaro hoje 27 de novembro de 2014, em resposta as novas orientações do Facebook e baseado nos artigos l. 111, 112 e 113 do código da propriedade intelectual, declaro que os meus direitos estão unidos a todos os meus dados pessoais, desenhos, pinturas, fotos, textos, etc. publicados no meu perfil. Para a utilização comercial disto se exige o meu consentimento por escrito a qualquer momento. O mesmo se aplica a todas as páginas de que sou responsável.
Digo para o Facebook que está estritamente proibido divulgar, copiar, distribuir, difundir ou tomar qualquer outra ação contra mim com base neste perfil e/ou seu conteúdo. As ações acima referidas são aplicadas igualmente aos trabalhadores, estudantes, agentes e/ou funcionários do Facebook.O conteúdo do perfil inclui informação privada. A violação da minha privacidade é punida por lei . O Facebook agora é uma entidade de capital aberto.



segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Hackers vazam filmes inéditos da Sony



O ataque hacker contra a Sony Pictures entrou em uma nova fase no final de semana, após quatro filmes inéditos da empresa serem vazados na internet.
De acordo com o jornal Variety, os vídeos foram retirados de DVDs screeners, versões enviadas para críticos de cinema ou eleitores de premiações.
Entre os filmes, quatro ainda não foram lançados nos cinemas mundiais: AnnieMr. TurnerPara Sempre Alice e To Write Love on Her Arms (ainda sem título em português).
Além deles, Coração de Ferro, filme de Brad Pitt lançado nos Estados Unidos em novembro e ainda inédito no Brasil, também foi vazado em sites de compartilhamento de arquivos.
"O furto de conteúdo da Sony Pictures Entertainment é um assunto criminal e estamos trabalhando junto com as autoridades legais para resolver isso", afirmou a Sony em um comunicado.
De acordo com o site Re/code, a Sony investiga se a invasão ao sistema da empresa possa ter sido feita pelo governo da Coreia do Norte.
O país asiático protestou contra o lançamento de A Entrevista, filme com James Franco e Seth Rogen. Na história, dois jornalistas são enviados para a Coreia do Norte com a missão de assassinar Kim Jong-Un, o líder supremo do país.
Ainda não há evidências concretas de que o governo norte-coreano esteja por trás do ataque, mas fontes ligadas à Sony afirmam que existe uma "grande probabilidade" de que o país esteja ligado à invasão.

Fonte:InfoAbril.

domingo, 30 de novembro de 2014

10 atitudes que podem estar impedindo sua felicidade





Felicidade é um termo muito abrangente e subjetivo e, muitas vezes, difícil de ser explicado.


Os motivos pelos quais uma pessoa é feliz ou infeliz são relativos, mas eu acredito que muitos deles venham das conquistas, realizações pessoais e da satisfação com a própria vida ou da falta de tudo isso.
Acho que todo mundo conhece alguém que está sempre insatisfeito, reclamando e infeliz, não é?
Depois de um tempo estudando sobre felicidade e observando pessoas que estão sempre reclamando da vida ou deprimidas – não considerando aquelas que muitas vezes têm razões legítimas para isso – eu identifiquei algumas caraterísticas comuns entre a maioria delas.
As pessoas infelizes geralmente:

1. Não assumem o controle da própria vida

Uma frase que traduz isso é a famosa “eu não tenho escolha” como justificativa para tudo aquilo que faz a vida dessas pessoas infeliz, seja um trabalho que elas odeiam ou filhos para sustentar.
O que elas muitas vezes não entendem é que não ter escolha é uma escolha. Aturar o chefe mala e chorar todos os dias antes de ir para o trabalho é uma escolha. Elas estão escolhendo ter o dinheiro, estabilidade ou qualquer outra coisa que esse trabalho proporciona em detrimento da sua possível liberdade ou de uma nova carreira.
Se você não tem coragem de mudar aquilo que faz com que a sua vida não seja do jeito que você quer, apenas aceite que você fez uma escolha e tente ser feliz com ela. Tente olhar para o lado positivo daquela situação que você se encontra, como ter o sossego da estabilidade financeira quando se tem um emprego.
Não estou falando em pensar positivo ou ser falsamente otimista, mas em ser verdadeiramente grato pelo benefício que toda escolha (por pior que seja) também proporciona.

2. Desistem antes mesmo de tentar

As pessoas que se consideram infelizes geralmente assumem que elas não sabem ou não conseguem fazer algo, muitas vezes sem tentar ou depois de ter falhado uma única vez.
São aquelas que simplesmente aceitam o fato de não serem boas com números ou trabalhos manuais, de não saberem cozinhar ou de que nem adianta pensar em abrir um negócio X ou Y porque já existem outras pessoas bem sucedidas naquelas áreas e não tem mais espaço para elas.
Uma coisa é não querer aprender ou fazer algo porque você não gosta, até aí, tudo bem. O problema é que muitas vezes elas não querem (ou não conseguem) assumir isso e ficam criando barreiras e desculpas que justifiquem o fato de elas não terem motivação sequer para tentar.
Perfeição e talento vem da prática. Se existe algo que você gosta e quer muito fazer, faça! Faça isso todos os dias. É a única maneira de saber se vai dar certo ou não. Inventar desculpas antes de tentar é exatamente o que te afasta do sucesso.

3. Comparam-se excessivamente com outras pessoas

Uma das coisas que mais faz o ser humano infeliz, na minha opinião, é se comparar com os outros. Quando você se compara com alguém, você deixa de olhar para fatores, nem sempre óbvios, que colocaram aquela pessoa com quem você se compara no lugar onde ela está.
Por mais que você ache que o sucesso, a beleza ou seja lá o que for, tenha vindo de forma fácil, você não estava na pele dela para saber e não tem o direito de julgar.
É preciso entender que cada um é merecedor do que tem, seja para o bem ou para o mau, mesmo que você não consiga enxergar o motivo.

4. Não lidam bem com adversidades

Uma das descobertas mais interessantes dessa pesquisa sobre felicidade foi que as pessoas mais felizes são aquelas que sabem como lidar com as adversidades da vida.
É impossível viver uma vida toda evitando problemas ou coisas negativas que possam nos acontecer. O que algumas pessoas não entendem é que tentar jogar para baixo do tapete ou fingir que não está acontecendo também não vai fazer com que elas sejam mais felizes.
Tudo o que nos acontece é sim uma oportunidade para aprendermos. Não adianta achar que a vida é injusta ou tentar encontrar culpados em vez de entender o porquê estamos passando por aquela situação tão desagradável e o que podemos fazer para que aquilo não se repita ou não nos abale tanto.
Ser feliz não significa nunca chorar ou não ter problemas e sim, não se deixar abater e acreditar que amanhã é sempre um novo dia e uma oportunidade para fazer melhor.
5. Não têm um objetivo de vida
Elas podem ter sonhos, mas esses raramente são transformados em um objetivo claro e concreto e, por isso, acabam quase nunca sendo realizados.
As pessoas sem um objetivo vivem como se estivessem em um barco à deriva. Por mais que passem o dia todo navegando pelo mar, não chegam a lugar algum ou, quando chegam, não é onde queriam estar.
São os nossos objetivos que determinam a forma com que usamos o nosso tempo e se as nossas escolhas estão nos levando para perto dele ou não. Cada dia vivido sem um objetivo é um dia desperdiçado.
Se você se sente perdido e sem propósito, comece com coisas pequenas. Escolha um objetivo de curto prazo e faça de tudo para alcança-lo. Quando você consegue conquistar algo, isso te motiva e faz você querer perseguir novos objetivos! Quem sabe no meio dessas pequenas conquistas você não encontra o propósito da sua vida?

6. Vivem em estado de inércia

A inércia também é uma consequência da falta de objetivo. Quem não sabe para onde ir, geralmente não sai do lugar. De novo, não adianta ter grandes sonhos e fé seja lá no que for, mas não levantar a bunda do sofá para fazer com que as coisas aconteçam.
Quem está sempre esperando acaba frustrado, já que as melhores coisas da vida acontecem para aqueles que não esperam e sim, vão atrás do que querem.
Não adianta você sonhar em viajar o mundo, ter a sua casa própria ou o emprego dos sonhos se absolutamente nada do que você faz na sua vida te levam em direção a isso.

7. Não entendem o valor do tempo

Quem não tem objetivos claros e vive em inércia, geralmente não entende a importância do tempo.
Vamos lá, e se a gente começar a pensar no tempo dessa forma: para cada dia que alguém que não está satisfeito com a própria vida não faz nada para mudar essa situação, uma quantia de dinheiro deveria ser debitada da sua conta corrente, mesmo que ela não tivesse. Aposta quanto que ia ter muita gente desesperada por aí?
Por que o mesmo não acontece quando perdemos nosso tempo? O dinheiro sempre pode ser ganho novamente, o tempo perdido nunca mais poderá ser reposto, mas algumas pessoas ainda não se deram conta de que ele é o bem mais precioso que temos.
O tempo desperdiçado com coisas inúteis nos traz um prejuízo muito maior do que qualquer conta negativa.

8. São procrastinadores

Essa é outra característica de quem não valoriza o tempo. Essas pessoas olham para a vida como se ela fosse inesgotável. Elas não entenderam que começamos a morrer no dia que nascemos e cada dia que temos de vida é um presente, pois não sabemos quantos mais vamos ter.
Pense que tudo aquilo que você deixa para amanhã, pode nunca mais ser feito. Passe a viver cada dia como se fosse o último.

9. São apáticos

Quando pensamos em pessoas apáticas nos vem à cabeça quem não tem opinião sobre as coisas ou quem não está nem aí para nada. Mas, apáticos, também são aqueles que não querem abrir a sua cabeça ao novo, que enxergam as coisas de uma forma e acham que essa é a correta e são resistentes a qualquer tipo de mudança.
São pessoas que, mesmo sendo intelectualmente capazes, não se interessam em aprender nada que não esteja relacionado ao mínimo aceitável. Não leem e não fazem questão alguma de parecerem engajadas com nada. Mesmo em um mundo cheio de maravilhas, curiosidades e novidades aparecendo a cada minuto, elas encontram um jeito de se sentirem entediadas o tempo todo.

10. São impacientes

Por último, as pessoas infelizes tem grandes expectativas em relação a vida, mas fazem muito pouco para conseguirem o que tanto desejam. Elas sonham, mas não tem ambição. Elas querem o que o mundo tem de melhor, mas não entendem que nada acontece sem esforço, muito trabalho, persistência e paciência.
Estão sempre procurando um caminho mais rápido ou fácil já que não tem paciência para insistir naquilo que querem. É por isso que acabam frustradas e geralmente acham que talvez elas não tenham nascido para serem felizes.
As pessoas com essas características geralmente tentem a pensar que aqueles que são felizes, vivem uma vida incrível ou fazem coisas admiráveis são pessoas especiais ou extraordinárias.
A grande verdade é que a felicidade é uma decisão e deve ser tomada por todos nós diariamente. Ela é o resultado de um conjunto de pequenas coisas que, somadas, fazem com que tenhamos uma vida melhor e mais completa.
A sua felicidade é você que faz.
Fonte: Cloudcoaching.





AddThis Smart Layers

Aqui você pode doar para a manutenção das noticias do Blog de Tecnologia

Doe com o Pag Seguro

Pagamento Global

Imagens de solução

Socialclique

Afilio

Siliconaction

Cliquebanner

Afilio

Web Rádio Somsulnativo

Fogabras

Blog do Nelson Alves

Blog de Moda

Blog de Tecnologia