Google+

Tradutor

quinta-feira, 5 de março de 2015

A fé de Albert Einstein





Confira o que o famoso Einstein respondeu a uma menina que lhe perguntou: “Os cientistas rezam?”

Esta frase é do cientista Albert Einstein: “Todo aquele que está seriamente comprometido com o cultivo da ciência, chega a convencer-se de que, em todas as leis do universo, manifesta-se um espírito infinitamente superior ao homem, diante do qual nós, com nossos poderes, devemos nos sentir humildes”.
 
Agora, esta frase pronunciada pelo fundador da física contemporânea, com sua Teoria da Relatividade, prêmio Nobel de Física em 1921, tem ainda mais relevância com o conteúdo de uma carta com a qual respondia a uma menina que lhe fez a seguinte pergunta: “Os cientistas rezam?”.
 
Segundo a informação publicada no jornal “La Vanguardia” no último dia 1º de dezembro, com o título “As 10 cartas mais surpreendentes da história”, no breve escrito que Einstein dirige à menina, o cientista afirma que “a dedicação à ciência conduz a um sentimento religioso especial”.
 
A crença em um ser superior
 
Como fruto desse sentimento, Einstein acrescenta que quem se dedica seriamente à ciência “acaba convencido de que algum espírito se manifesta nas leis do universo, um espírito muito superior ao do homem”.
 
Estes são alguns dos fragmentos da carta, que data de 24 de janeiro de 1936:
 
“Cara Phyllis: (...) Os cientistas acreditam que tudo o que acontece, inclusive os assuntos dos seres humanos, se deve às leis da natureza. Por conseguinte, um cientista não tenderá a acreditar que o curso dos acontecimentos possa ver-se influenciado pela oração, ou seja, pela manifestação sobrenatural de um desejo.
 
Não obstante, temos de admitir que nosso conhecimento real dessas forças é imperfeito, de maneira que, no final, acreditar na existência de um espírito último e definitivo depende de uma espécie de . É ainda uma crença generalizada inclusive diante das conquistas atuais da ciência.
 
Ao mesmo tempo, todo aquele que se dedica seriamente à ciência acaba convencido de que algum espírito se manifesta nas leis do universo, um espírito muito superior ao do homem. Assim, a dedicação à ciência conduz a um sentimento religioso especial, sem dúvida muito diferente da religiosidade de alguém mais cândido. Saudações cordiais, A. Einstein.”

Fonte: Aleteia.org.

AddThis Smart Layers

Aqui você pode doar para a manutenção das noticias do Blog de Tecnologia

Doe com o Pag Seguro

Pagamento Global

Imagens de solução

Socialclique

Afilio

Siliconaction

Cliquebanner

Afilio

Web Rádio Somsulnativo

Fogabras

Blog do Nelson Alves

Blog de Moda

Blog de Tecnologia