Google+

Tradutor

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Salesforce mira analytics com Wave

Marc Benioff. Foto: divulgação


Salesforce.com anunciou esta segunda-feira, 13, o lançamento do Wave, sua primeira aplicação destinada ao mercado de business analytics e uma tentativa de expandir seus negócios além dos softwares de CRM.

A novidade foi divulgada pelo próprio presidente da companhia, Marc Benioff, durante a abertura do Dreamforce, evento da companhia que ocorre em San Francisco esta semana.

Segundo analistas, o lançamento atende a um das grandes problemas do serviço da companhia, especializada em marketing e relacionamento com clientes, mas que carecia de capacidades de análise robustas. 
Com o serviço Wave, o seu sexto serviço de cloud computing, a empresa espera mudar essa percepção e até desafiar a concorrência de SAP e Oracle, pelo menos no segmento de marketing.
“As ferramentas analíticas hoje instaladas, não foram feitas para os dados de hoje em dia”, afirmou Stephanie Buscemi, vice-presidente sénior da Salesforce.com Analytics Cloud para a Computerworld norte-americana.
Em desenvolvimento desde 2012, o Wave funciona de forma integrada com as aplicações de CRM, de fornecimento de suporte e de outras áreas na plataforma Salesforce. Também poderá ser incorporado em aplicações integradas com a plataforma, diz o fabricante.
Diferentemente de outros serviços de analytics, o novo produto da Salesforce tem a pesquisa como base, com dados a serem armazenados sem esquema definido. Isto permite a rápida exploração interativa por utilizadores à procura de respostas para determinadas questões de negócio.
As visualizações são otimizadas para os utilizadores que funcionam com a plataforma através de aplicações móveis, com ecrãs redimensionados para diferentes tipos de dispositivos.
Para o lançamento, a Salesforce anunciou parcerias com mais de trinta empresas, incluindo consultorias como a Accenture e Deloitte, ou empresas de integração de dados, como a Informatica e a Dell Boomi. 
Os utilizadores do Wave serão capazes de obter conjuntos de dados, a partir de aplicações de terceiros, tais como o sistema Oracle ERP (Enterprise Resource Planning), para fazer análises.
Segundo analistas, embora o Wave fosse algo necessário, a Salesforce chegou relativamente tarde. Para o TechCrunch, o mercado de BI ainda representa uma grande oportunidade para a companhia californiana, mas a concorrência é grande. Conforme dados do IDC, o mercado de analytics global representa hoje um bolo de mais de US$ 10 bilhões. 
"A Salesforce quer uma fatia do mercado, mas o tamanho desse pedaço vai depender de diversos fatores, incluindo o quão bem eles conseguirão implantá-la. A competição é acirrada e a Salesforce está só começando", afirmou Ron Miller, analista do site norte-americano.
Entretanto, mesmo que a empresa de Benioff seja uma potência no segmento de CRM e SaaS, com um faturamento de US$ 4,1 bilhões no ano fiscal 2014, ela não tem o toque de midas para tudo.
Em 2010, ao lançar a ferramenta de colaboração Chatter, analistas estimavam que a empresa iria revolucionar as relações business-to-business, promessa que nem chegou perto de ser concretizada.
"Como todo mundo nesse ramo, ela (Salesforce) terá que merecer seu market share e isso tomará tempo e comprometimento. O anúncio de hoje foi apenas o primeiro passo", afirmou Miller.



Fonte: Baguete.

AddThis Smart Layers

Aqui você pode doar para a manutenção das noticias do Blog de Tecnologia

Doe com o Pag Seguro

Pagamento Global

Imagens de solução

Socialclique

Afilio

Siliconaction

Cliquebanner

Afilio

Web Rádio Somsulnativo

Fogabras

Blog do Nelson Alves

Blog de Moda

Blog de Tecnologia