Google+

Tradutor

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Linux no servidor

Linux no servidor

Pesquisas apontam que o Linux é o sistema operacional mais usado em servidores. O uso do Linux em servidores aumentou com o crescimento da internet.

Apesar de ser considerado muito mais seguro para servidores, há, ainda, alguma resistência de muitos profissionais devido às configurações necessárias. As configurações dos servidores Linux é algo considerado complexo pela maioria das pessoas. No entanto, atualmente, isso mudou. Hoje há inúmeras distribuições que possuem ferramentas de configuração muito intuitivas e de utilização simples. Quase todas podem ser configuradas como servidor, sem grandes dificuldades.

Os servidores Linux têm a preferência de grande parte das empresas devido à grande robustez, resistência às altas taxas de tráfego e grande capacidade no gerenciamento e na manutenção de grandes quantidades de tráfego simultâneo, sem apresentar falhas. 
Essa qualidade é uma grande vantagem em se tratando de servidores Internet, pois a garantia do suporte a uma enorme quantidade de tráfego, sem falhas, representa mais tempo de “uptime”, o que se traduz por mais tempo com o site “no ar”, reduzindo em muito os prejuízos nas vendas quando o site fica fora do ar. 

A principal razão para o Linux ser considerado mais seguro é a forma como ele foi desenvolvido. No Linux há dois tipos de usuários: o root, aquele que detém o poder absoluto da máquina para administrar o sistema, e os usuários comuns, que não possuem nenhum poder administrativo, podendo, sem a permissão do root, apenas alterar a sua própria pasta home.

Sem detalhar tecnicamente o que faz o Linux mais seguro, o interessante é que o pequeno e médio empresário têm a opção de usá-lo em seu servidor, visando a segurança da sua empresa. Evidentemente, poderá ser necessário contratar um profissional com conhecimento em Linux para instalar e por em atividade o servidor.

É necessário mencionar que, mesmo com o Linux, quem faz a segurança do sistema e de toda a rede é o usuário. Todo cuidado é pouco e todas as pessoas que forem autorizadas a utilizar máquinas de uma empresa deveriam estar devidamente treinadas a respeito dos riscos existentes na internet, o que, infelizmente, ainda não ocorre em todas as empresas.

Vale a pena pesquisar a respeito e considerar a utilização do Linux, principalmente como Firewall.

AddThis Smart Layers

Aqui você pode doar para a manutenção das noticias do Blog de Tecnologia

Doe com o Pag Seguro

Pagamento Global

Imagens de solução

Socialclique

Afilio

Siliconaction

Cliquebanner

Afilio

Web Rádio Somsulnativo

Fogabras

Blog do Nelson Alves

Blog de Moda

Blog de Tecnologia